SPPREV>> Demonstrativo de pagamento deixará de ser enviado pelos correios

A partir de dezembro/18, envio dos holerites por correios será suspenso; porém o documento passará a ser disponibilizado também nos cai...

terça-feira, 2 de agosto de 2016

Comissão de Segurança discute defeitos em armas usadas por policiais

Os defeitos apresentados em armas fornecidas aos órgãos de segurança pública serão discutidos nesta quarta-feira (3) em audiência pública promovida pela omissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado.

A pedido dos deputados Major Olímpio (SD-SP), Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), Alberto Fraga (DEM-DF) e Silas Freire (PR-PI), a comissão ouvirá representantes do Exército, das policiais militar e civil e da empresa Taurus (fabricante das armas).
Policiais de diversos estados têm critica a qualidade das pistolas, metralhadoras e submetralhadoras da Taurus. Os policiais reclamam, por exemplo, que algumas armas disparam sozinhas mesmo com a trava de segurança ativada ou dão vários tiros consecutivos, apesar de o policial apertar o gatilho uma única vez.
Foram convidados para discutir o assunto:
- o chefe do Centro de Avalição de Armas do Exército Brasileiro, General de Brigada Robson Santana de Carvalho;
- o subprocurador-geral da Justiça Militar, Carlos Frederico de Oliveira Pereira;
- o chefe da assessoria de Comunicação Institucional da Indústria de Material Bélico do Brasil (Imbel), Coronel Marcelo Muniz Costa;
- o vice-presidente Comercial e de Relações Institucionais da CBC, Salésio Nuhs;
- o advogado Rabih Nasser, representando a Taurus;
- os peritos criminais Domingos Tocchetto, Geraldo Bertolo e Ladislau Brito Santos Júnior;
- o agente de atividades penitenciárias Patrício Júnior de Oliveira;
- os policiais militares de Goiás Eduardo Bruno Alves, Cleomar Guimarães de Oliveira, Leandro Rodrigues Valverde e Alexandre Fernandes de Castro;
- os agentes da Polícia Civil do DF Luciano Gomes Vieira, Julyane Rodrigues da Silva Miranda, Krassyus Murilo Ferreira Porto Monteiro, Carlos Vieira Zardo; e
- o delegado da Polícia Civil Igor Vilhora Noya.

A audiência será realizada a partir das 14h30, no plenário 6.
Da Redação - ND

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Bizu da Adm não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Bizu da Adm."

Notícias Policiais

Notícias da hora

Consultor Jurídico

BLOG DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO