Como anda a Ação de Sexta Parte da ACS

04/09/2017 Conclusos para Decisão

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Comissão debate sucateamento da PM de São Paulo

A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado debate nesta terça-feira (4) o sucateamento da Polícia Militar de São Paulo e o seu efeito para a população. O debate atende a pedido do deputado Major Olimpio (SD-SP).

Major Olimpio destaca que a Policia Militar do Estado de São Paulo é a maior polícia do País, e responsável pela defesa da sociedade que produz o maior PIB do Brasil, bem como têm a maior população, "necessitando da devida estrutura e condições para o desempenho de suas atividades".
“A falta de estrutura, remuneração e equipamentos adequados para o enfrentamento da criminalidade acaba gerando um quadro de violência e de sacrifício dos recursos humanos da instituição, pois com quadros defasados, sem remuneração digna e sem equipamentos os policiais militares têm que fazer um esforço sobre-humano para atendes a sociedade”, afirma o deputado.
Foram convidados:
- o presidente da Associação de Oficiais Militares do Estado de São Paulo em Defesa da Polícia Militar, Coronel Elias Miler da Silva;
- representante da Associação dos Subtenentes e Sargentos da PM de SP;
- o presidente da Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do Estado de São Paulo, Cabo Wilson de Oliveira Morais;
- o presidente da Associação dos Oficiais da Reserva da PMESP, Coronel da PM Jorge Gonçalves; e
- o presidente da Associação dos Policiais Militares Portadores de Deficiência do Estado de São Paulo, Elcio Inocente.
A reunião será realizada às 16h30, no plenário 6.
Da Redação - RL
 

Da 'Agência Câmara Notícias'

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Bizu da Adm não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Bizu da Adm."

Notícias Policiais

Notícias da hora

Consultor Jurídico

BLOG DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO